Introdução a Mitologia Coreana - Parte 7

Atualizado: 10 de jul. de 2021

Mitos da Doença: Como Humanos, Mas Sagrados


Os mitos das doenças falam dos deuses que nos transmitem todos os tipos de doenças. O mito representativo é Sonnimgut (Um Rito Xamanista para Todos os Deuses Sonnim). Sonnim se refere à varíola. Esta é uma doença terrível que vem com febre e dor de cabeça. A erupção se espalha por todo o corpo e as pessoas morrem ou carregam as cicatrizes da doença. É fatal para crianças. No passado, muitas crianças morriam de varíola. É provavelmente por isso que a varíola era chamada de sonnim (hóspede). Os hóspedes são pessoas especiais que visitam sua casa, portanto, você deve tratá-los bem. Ao mesmo tempo, um hóspede fica por um curto período e parte depois disso. É muito provável que as pessoas comparassem a varíola a um hóspede (sonnim) que desejavam evitar.


Uma deusa da varíola (não necessariamente a da narrativa) com dois retentores
Uma deusa da varíola (não necessariamente a da narrativa) com dois retentores

A estrutura do mito de Sonnimgut é muito simples. Se você servir bem ao deus, terá longevidade e felicidade. caso contrário, as crianças da casa sofrerão de varíola ou morrerão. Esta é uma estrutura de confronto muito simples. Nesse mito, deve-se notar que o deus que nos dá a doença também nos dá boa fortuna. Mesmo que você não seja rico, sua vida será ótima se você não tiver nenhuma doença. Se você servir bem ao deus, você pode evitar doenças, e também ficar rico. Isso ocorre porque o papel de um deus não é claramente percebido e um deus é adorado de uma perspectiva humana.



Mesmo os deuses das doenças que trazem a varíola podem nos dar longevidade e felicidade se forem bem tratados. Portanto, o papel dos deuses torna-se flexível dependendo de como os tratamos. Mesmo depois de os tratarmos bem, podemos não recorrer a eles se não precisarmos deles. No entanto, um deus nunca fica zangado com isso. Os humanos procuram deuses, não o contrário. Portanto, não é surpreendente que todos os mitos sejam centrados no ser humano.


- Acompanhe a continuação dessa introdução a mitologia coreana:


Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Parte 6

Parte 8

Parte Final


- Apóie este blog clicando nos anúncios desta página, não custa nada pra você mas ajuda muito o blog a continuar sempre trazendo conteúdos relevantes para os apaixonados por história, cultura e mitologia coreana. Conto com seu apoio!


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo